Portal de Encruzilhada - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Terça-feira, 21 de Maio de 2024
A discrepância de um 7 de setembro para o outro

Brasil

A discrepância de um 7 de setembro para o outro

De um ano para o outro o valor patriótico tomou outro rumo;

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O 7 de setembro em Brasília foi diferente este ano, isto porquê fontes da Polícia Militar do Distrito Federal dizem que havia na Esplanada dos Ministérios um pouco mais do que 10 mil pessoas. O Governo nega. Diz que comparecem para o evento 50.000 pessoas. A imprensa tradicional diz que foram 25.000.

O fato é que no mesmo dia, só que no ano passado (e no governo passado), os números chegaram aos 6 dígitos, com pouco mais de 100.000 pessoas.

7 de Setembro de 2022

Publicidade

Leia Também:

Vale lembrar que em 2022 foi comemorado os 200 anos do Grito de Independência entoado por Dom Pedro, às margens do Rio Ipiranga e que, na celebração, até então, os militares contavam com todo o prestígio do povo.

Parece que o povo entendeu, apenas em 2023 o recado do "Fique em Casa" e não foi às ruas celebrar o Exército de Caxias, nem seu Comandante em Chefe. Isso rendeu algumas cenas vexatórias como quando o Exmo Sr. Presidente da República e sua senhora, acenaram para a praça dos 3 poderes vazia.

Imagens do Avião da FAB perto das 11h

 

No ano passado, houve quebra de protocolos. O presidente da República andou no meio do povo, foi aclamado e fez valer o tempo de espera de todos os que chegaram lá na madrugada para não perder lugar de vista no evento. Neste ano, mesmo com a convocação de centrais sindicais e movimentos sociais, foi difícil preencher os espaços vazios na lateral da avenida do desfile.

No ano passado, antes do início dos festejos, os ambulantes precisaram repor estoques para lucrar ao máximo. Este ano, tiveram prejuízos. Um vendedor de chaveiros, levou 1.000 peças e vendeu apenas 20 até as 11h da manhã.  

Ao que tudo indica, o povo não faz parte da "nova democracia".

 

FONTE/CRÉDITOS: EBC
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): EBC/FAB/Reprodução
Comentários:
Portal de Encruzilhada
Portal de Encruzilhada

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!