Portal de Encruzilhada - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Terça-feira, 21 de Maio de 2024
Chuva já deixa dois mortos no Rio Grande do Sul

Clima

Chuva já deixa dois mortos no Rio Grande do Sul

Metade Norte do Rio Grande do Sul concentra os mais altos volumes de chuva com duas vítimas fatais confirmada;

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Subiu para dois o número de mortos pela chuva intensa e os temporais que atingem o Rio Grande do Sul. Um homem perdeu a vida no bairro Entre Rios, o mais castigado pela chuva em Passo Fundo, no Norte gaúcho, informou a Rádio Uirapuru.

A vítima foi atingida por uma descarga elétrica dentro de sua casa, após a mesma ser alagada. O homem chegou a ser socorrido com vida por vizinhos e encaminhado ao hospital, onde faleceu.

Mais cedo, outra morte foi causada pela chuva na região. A vítima, de 41 anos, estava em uma caminhonete S10, quando caiu em um rio com o veículo no município de Mato Castelhano.  Ele estava acompanhado de outro homem, que conseguiu sair nadando e sobreviveu. O homem foi identificado como Cristiano Schuslei, condutor da caminhonete, e teve seu corpo localizado pelos Bombeiros no final da manhã.

Publicidade

Leia Também:

Os volumes de chuva são extremos na região de Passo Fundo, que é a mais castigada pela intensa instabilidade que afeta o Rio Grande do Sul. O acumulado de precipitação até 13h na localidade do Planalto Médio foi de 307 mm. A média histórica de precipitação em Passo Fundo no mês de setembro, conforme a série 1991-2020, é de 165,5 mm. Ou seja, choveu o dobro da média do mês nos últimos dois dias, a maior parte de ontem para hoje.

A previsão a MetSul Meteorologia indica a continuidade da chuva ainda no restante do dia de hoje com precipitações localmente moderadas a fortes que devem agravar a situação nos locais que já passam por inundações. Os volumes de chuva, assim, devem aumentar ainda mais com subida de rios e transbordamento de mais arroios e córregos.

Os volumes excessivos no Rio Grande do Sul no fim de semana e nesta segunda-feira são consequência da influência de uma área de baixa pressão com rio atmosférico que traz grande quantidade de umidade. Esse cenário, reforçado pelo avanço de uma frente fria pelo território gaúcho hoje, favorece intensa instabilidade com muitas descargas e chuva com volumes excessivos a extremos.


FONTE/CRÉDITOS: MetSul Metereologia
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): João Victor/Rádio Uirapuru
Comentários:
Portal de Encruzilhada
Portal de Encruzilhada

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!