Portal de Encruzilhada - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Terça-feira, 21 de Maio de 2024
Ingrediente do azeite aumenta sobrevida de pacientes com câncer cerebral

Saúde

Ingrediente do azeite aumenta sobrevida de pacientes com câncer cerebral

O ingrediente encontrado no azeite, que dá sobrevida a pacientes com câncer cerebral, se mostrou promissor e eficiente em seres humanos

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Um medicamento promissor, derivado de um ingrediente encontrado no azeite deu sobrevida a pacientes com câncer cerebral. Com ele, pesquisadores conseguiram bloquear o crescimento de células cancerígenas.

A droga 2-OHOA é produzida a partir do ácido oleico, que ocorre naturalmente em gorduras animais e vegetais. O primeiro teste mostrou que o remédio, particularmente, é eficaz para pacientes com glioblastoma, um tipo agressivo de câncer cerebral.

Após os primeiros resultados positivos, o fármaco está sendo testado em um estudo global randomizado com pacientes recém-diagnosticados.

Publicidade

Leia Também:

Bloqueio do câncer

As membranas celulares são a camada externa de uma célula viva e realizam a função de regular o crescimento.

As membranas anormais cancerígenas facilitam o encontro das proteínas de cada célula com as proteínas vizinhas. Isso acaba criando sinais que impulsionam o avanço da doença.

Com o 2-OHOA bloqueando esses sinais, as membranas de células cancerígenas atuam como células normais. Assim, o crescimento anormal não ocorre e o câncer não se desenvolve.

Resultados positivos

Os pesquisadores, inicialmente, incluíram 54 pacientes com glioblastoma recorrente no estudo.

Dos 21 pacientes com câncer, cerca de um quarto (24%) responderam positivamente ao medicamento.

“A droga funciona remodelando as paredes das células cancerígenas, bloqueando sinais cruciais de crescimento que impulsionam o câncer. Ao incluir pacientes com glioblastoma neste estudo, conseguimos mostrar mais rapidamente resultados precoces e esperançosos, apoiando a sua inclusão no ensaio de Fase 2b/3”, disse Juanita Lopez, oncologista médica da Royal Marsden NHS Foundation Trust.

Novo tratamento

O 2-OHOA é um tratamento de primeira classe, nome dado aos tratamentos que oferecem uma nova forma, e única, de combater a doença.

Sendo um lipídio sintético derivado do oleico, o medicamento tem papel importante na estrutura das membranas celulares.

Caso de sucesso

Entre os que responderam bem ao tratamento está Michele Treen, de 42 anos.

Depois de ser diagnosticada com glioblastoma em 2023, ela reorganizou seu casamento e se casou uma semana antes de uma cirurgia no cérebro.

Encaminhada para o The Royal Marsden, ela foi uma das participantes da segunda fase do estudo.

A mulher se recuperou bem da cirurgia e iniciou o tratamento com a medicação.

“[…] passei o verão viajando pela Europa com meu marido e minha filha de 11 anos em um motorhome. Desde andar de bicicleta de montanha em Andorra até explorar os canais de Veneza, fiz coisas que nunca esquecerei com as pessoas que mais amo”, contou a mulher.

Michele Treen, de 42 anos, mostrou uma melhora significativa com o medicamento. Foto: The Royal Mardsen.
Michele Treen, de 42 anos, mostrou uma melhora significativa com o medicamento. Foto: The Royal Mardsen.

 

FONTE/CRÉDITOS: Só Noticias Boas
Comentários:
Portal de Encruzilhada
Portal de Encruzilhada

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!