Portal de Encruzilhada - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Sabado, 13 de Julho de 2024
Voluntários criam aplicativo que conecta quem precisa de ajuda à quem quer ajudar em Venâncio Aires

Enchentes no RS

Voluntários criam aplicativo que conecta quem precisa de ajuda à quem quer ajudar em Venâncio Aires

O município do Vale do Rio Pardo foi um dos mais atingidos na região.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Venâncio Aires, munícipio do Vale do Rio Pardo, foi uma das 467 cidades atingidas pelas enchentes deste ano. A prefeitura ainda não tem números exatos de pessoas atingidas direta ou indiretamente pelas cheias mas estima-se entre 18 à 22 mil. Vila Mariante foi o local mais afetado, tendo 80% das casas e comércio destruído, afetando mais de 1.600 moradores.

4 pessoas vieram à óbito e outra pessoa morreu em decorrência da leptospirose.

A prefeitura do município de 68 mil habitantes colocou ginásios e escolas como abrigos temporários mas pretende realocar os desabrigados para um ponto "a salvo" na cidade.

Publicidade

Leia Também:

Desde o primeiro momento, voluntários arregaçaram as mangas para ajudar nos resgates e recuperação da cidade. Moradores de Venâncio Aires e de vários outros municípios, incluindo outros estados, arrecadaram mais de 100 toneladas de alimentos, além de kits de limpeza, colchões e roupas. 

Para conectar aqueles que precisam de ajuda à aqueles que querem ajudar, empresários da cidade criaram um aplicativo que faz esta ponte.  O aplicativo reflete um site, sosvenancio.com.br.

Há três janelas no site: 

  • Preciso de Ajuda;
  • Quero ser voluntário;
  • Quero ajudar com PIX.

"Nosso objetivo é encurtar o caminho para que estas doações cheguem o mais rápido a quem de fato precisa." - comentou Maciel Marasca, empresário que idealizou o projeto.

Nesta primeira fase, o foco está em ajudar a população a se manter e sobreviver, por isto ainda se recebe alimentos, roupas, cobertores e kits de higiene. Em breve, os voluntários focarão na arrecadação de móveis e eletrodomésticos, que no geral, são mais caros.

A plataforma disponibiliza duas chaves PIX. Um do Rotary Club de Venâncio Aires (CNPJ: 070.213.950.001-58) e outra do o Rotary Clube Venâncio Aires Chimarrão (rotaryclubvaireschimarrao@gmail.com). Ambas visam arrecadar fundos para a segunda fase do projeto, já que poderão conseguir móveis mais baratos se comprados no atacado.

Até o momento são 141 voluntários cadastrados, 404 famílias pedindo ajuda, sendo que 122 já foram atendidas. 

Cada voluntário é responsável por adotar uma família, tendo na plataforma, fotos de como está a situação da casa da família escolhida. 

A empresa Tabacos Marasca, disponibilizou parte do seu pavilhão como centro de distribuição, tendo recebido doações de vários lugares e ajudando na redistribuição dos donativos.

"Nós tivemos 16 famílias de colaboradores nossos afetados pelas enchentes. Não podíamos ficar de braços cruzados sem fazer nada." - disse Maciel Marasca, vice-presidente da fumageira.

IGREJAS TAMBÉM RECEBERAM DONATIVOS

Outro lugar que também recebeu e redistribuiu donativos foi a Igreja Encontros de Vida Venâncio Aires. 

Durante 7 dias, voluntários de Encruzilhada do Sul estiveram hospedados na igreja, onde conseguiram mais de 1 tonelada em alimentos, além  de ração, roupas, brinquedos e mais de 4 mil litros de água.

FONTE/CRÉDITOS: SOS Venâncio
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): Reprodução
Comentários:
Portal de Encruzilhada
Portal de Encruzilhada

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!